Cidade
 

História de Arraial
Informações Úteis
Como chegar a Arraial
Rodoviária
Estádio Barcelão
Passeios Turísticos
Praias e Lagoa
Ressurgência
Monumentos Históricos
Pórtico/Praças
Galeria de Fotos

 Serviços
 
Tenha informações para sua segurança e tranquilidade, nas viagens.
 
Operadoras de Mergulho
Hotel/Pousada
Camping
Bares/Restaurantes
Comércio em Geral
Imobiliárias
Agências de Turismo
Passeio de Barco
Aluguel de Buggy
Marina dos Pescadores
kiosques
Pesca Esportiva
Esportes de Aventura

 Culturas
 
Eventos
Arte e Artesanato
Museu Oceanográfico
Centro Cultural
Cultivo de Mariscos
Pesca/Mergulho

 Atividades
 
Associações
Álcalis
Porto do Forno
Rádio Litoral
Marinha do Brasil
RESEXMAR - Reserva Extrativista
AMPLA
PROLAGOS

 Classificados
Anuncie!!! aqui...........Click!!! aqui
Comércio
Casas
Apartamentos
Coberturas
Terrenos
Camping
Veículos
Náutica
Utilidades

 Prefeitura
Site da Prefeitura
Utilidade Pública
Leis Municipais
Trabalho e Emprego
Notícias
Mapa Viário
IPTU
Finanças Públicas
Geografia
Câmara Municipal
Providência Social
ARRAIAL DO CABO - RJ
"A CAPITAL DO MERGULHO"



Arraial e sua História

A PRÉ-HISTÓRIA:
 

A história de Arraial do Cabo começa há um milhão de anos, quando, pela ação dos ventos e de correntes marítimas, foram incorporadas ao continente três antigas ilhas, hoje morros do Mirante, do Forno e Pontal do Atalaia.

Mirante do Boqueirão

Seus primeiros habitantes humanos chegaram há cerca de cinco mil anos. Eram os nômades, que viviam em grupos no alto dos morros e desciam apenas para buscar alimentos, basicamente peixes e moluscos.


Mais tarde, vieram os índios da grande nação tupi-guarani. Tribos Tupinambás habitavam toda a área correspondente ao Estado do Rio de Janeiro, e, nas terras onde surgiria Arraial, eram representados pelos tamoios. Estes, mais avançados que os nômades, viviam em aldeias, caçavam, plantavam mandioca, faziam peças de cerâmica e enfeitavam-se com penas.

O pescado, os crustáceos e os moluscos formavam o "cardápio" destes indígenas, mas também a cultura da mandioca e a caça eram utilizadas para complementar sua alimentação. Destaca-se ainda, na cultura tupinambá, a confecção de peças de cerâmica. Segundo estudos arqueológicos, havia cerca de 50 aldeias tupinambás na região, estimando-se uma população que poderaia variar de 25.000 a 75.000 habitantes antes da conquista européia.

Praia Grande

Isto pode ser comprovado a partir de diversos restos arqueológicos catalogados em toda a região, que é composta de diversos sambaquis (sítios arqueológicos com esqueletos e artefatos).

Arraial do Cabo está acentado sobre sítios arqueológicos de extrema valia para o estudo da história da região, tendo fornecido diversas peças para o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.

(Podemos receber uma emocionante aula arqueológica, através das peças recolhidas no município e expostas no Centro Cultural Manoel Camargo ao lado da Prefeitura)

 

Fonte:

  • Trabalhos escolares das escolas da região;
  • Folhetos informativos da região
  • Revista Municípios em Destaque nº. 49 e 55

História do Arraial do Cabo \ A Pre-História \
A Batalha Histórica \
A Colonização \ A Chegada do Progresso


 Tire suas dúvidas:
  Sugestões e Reclamações  Mapa da Cidade
  Como Funciona  Como Anunciar
  Segurança  Fale Conosco
  Sugestões e Reclamações  Mapa do Site
Operadoras de Mergulho
As melhores Operadoras de Mergulho com diversas Certificadoras.
Conheça um pouco mais.
Point's
Aqui você conheçe todos os point's e como chegar até eles, com e sem barco.



Home |  Mapa da Cidade |  Como Anunciar |  Fale Conosco |  Mapa do Site
Política da Privacidade | Fale Conosco
® Todos os direitos reservados a DiversTEC.
Arraial do Cabo - Design by Leonardo Arrigoni